Estatuto Editorial

1. O FREGUÊS é um jornal mensal ao serviço do desenvolvimento da qualidade de vida da freguesia e do reforço da sua identidade social, económica, histórica e cultural, que informa com rigor e verdade.

2. O FREGUÊS assume o compromisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e da ética profissional, de modo a não prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa-fé dos leitores, encobrindo ou deturpando a informação.

3. O FREGUÊS é um projecto editorial profissional, com uma redacção que pauta a sua prática pelo Código Deontológico dos Jornalistas.

4. O FREGUÊS é um jornal plural, equidistante de todas as forças políticas e, por isso, aberto à participação de todos os quadrantes da comunidade, da política aos movimentos ou grupos cívicos, do desporto à cultura, do tecido empresarial ao cidadão anónimo.

5. O FREGUÊS não enjeita uma participação activa na promoção do debate de ideias e do estado das coisas.

6. O FREGUÊS é o reflexo da comunidade que justifica a sua existência, mas não se limita a dar reflexos das realidades quotidianas.

7. O FREGUÊS reconhece e respeita o direito à vida privada de todos os cidadãos e não discrimina raças, credos ou ideologias.

8. O FREGUÊS compromete-se a estar na vanguarda das últimas tendências editoriais e tecnológicas, para melhor servir os seus leitores.