Pilaretes - Moradores descontentes com o desleixo

Se um incomoda...

Muitos fregueses têm vindo a manifestar preocupações quanto aos pilaretes que invadiram os passeios da freguesia. Em algumas zonas dificultam o tráfego de veículos. Noutros casos, a sua degradação, com ferrugem, constitui um perigo para a saúde pública.Há ainda o questão do desleixo estético e descuido quanto à qualidade do espaço público.

18/06/2018

Muitos fregueses têm vindo a manifestar preocupações quanto aos pilaretes que invadiram os passeios da freguesia. Em algumas zonas dificultam o tráfego de veículos de transporte e de emergência e, noutros casos, a sua degradação, com ferrugem, pode constituir um perigo para a população, nomeadamente as crianças Há ainda a questão do desleixo estético e do descuido quanto à qualidade da via pública.

Na Rua Artur Portela, já houve situações em que o 112 não conseguiu chegar aos locais necessários por causa dos pilaretes e da forma como são estacionados os automóveis. Pelas mesmas razões, os carros de recolha de lixo têm dificuldades em passar. “Os homens do lixo não têm outra alternativa senão arrastar os caixotes de lixo pela rua fora”, afirma um morador.

Outra circunstância agrava esta situação: tudo se passa de madrugada, no período em que não deveria haver ruído. Outra questão associada aos pilaretes, tem a ver com o seu número, por muitos considerado excessivo. Por outro lado, foram colocados muito perto da via. Quando se estaciona o automóvel, as portam batem nos pilaretes, como na Rua República da Bolívia.

Também começa a ser referenciado o estado de conservação de muitos deles. Apesar de terem sido colocados há relativamente pouco tempo, muitos já apresentam sinais de degradação na pintura e ferrugem. Alguns moradores afirmam que se trata de um caso de saúde pública: “As crianças facilmente podem ferir-se nos pilaretes que são mais um obstáculo à utilização pedonal cómoda do espaço público”.

Outras reclamações que têm chegado ao FREGUÊS, como a deficiente manutenção dos pilaretes, "já de si visualmente inestéticos", acentuam "o desleixo a que é votada a via pública".

Camião do Lixo

Bombeiros não se queixam

Os pilaretes não são problema para os bombeiros. “Para nós, os pilaretes não apresentam dificuldades porque temos a chave dos que são amovíveis”, segundo um dos membros dos Sapadores, do quartel da Estrada de Benfica. Embora consigam contornar a situação, o nosso interlocutor admite que há relatos de algumas "dificuldades provocadas pelos pilaretes em relação a outros veículos de emergência, como o 112”, refere. "Neste momento, passar em algumas vias com os camiões é o maior obstáculo à acção dos Bombeiros”, indica.

Nas ruas em que há estacionamento no meio da via são onde se registam maiores transtornos aos soldados da paz. Esta circunstância é agravada pelo estacionamento caótico que por vezes se regista na freguesia. “Sabemos que a responsabilidade não é dos residentes: não há lugares de estacionamento suficientes em Benfica”, sublinham-nos.


Soluções alternativas

No caso de incêndios urbanos, como o que ocorreu recentemente no terreno baldio da Rua da Venezuela, vão sempre dois camiões cisternas e pode mesmo ser deslocado um terceiro se o incêndio estiver descontrolado ou for muito grande.

Os bombeiros resolvem as dificuldades com as mangueiras que têm 20 metros de comprimento que podem ser ligadas umas às outras. “Muitas vezes, esta é a forma de chegar mais perto possível da situação”, afirma o bombeiro. Casa contrário, é solicitada a ajuda da PSP para rebocar os automóveis que impedem ou dificultam a passagem dos veículos. “Perde-se um tempo precioso quando estamos a responder a uma urgência, mas raramente tem sido preciso fazê-lo”, esclarece.

Segundo o soldado da paz, por vezes, têm de parar os camiões longe "andamos de lá para cá quando precisamos de ferramentas, o que faz com que não consigamos ser tão rápidos e eficazes quando desejamos”. Uma “pressão extra” para os homens da paz.

Em relação à PSP, não têm sentido dificuldade no acesso dos seus veículos, “o que é natural pois no geral são ligeiros”, segundo nos dizem.f

opinião

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

REGRAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.fregues.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.fregues.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.