indecisão

Benfica em risco de perder uma unidade de saúde familiar

Actualmente, Benfica tem três unidades de saúde familiar: USF Gerações, a USF Luz e a USF Rodrigues Miguéis. A construção de edifícios de raiz, só prevê a instalação das duas primeiras USF's; a terceira não tem localização definida. Na freguesia, existe o Centro de Saúde da Rua Morais Sarmento e da extensão no Bairro da Boavista.

Redacção

20/05/2018

A 14 de Março de 2017, foi anunciado por Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa a construção de 14 novos centros de saúde na cidade, entre os quais a Unidade de Saúde Alto dos Moinhos (São Domingos de Benfica) e a Unidade de Saúde Fonte Nova, em Benfica. Na altura, antes das eleições autárquicas, os autarcas garantiram que as construção dos novos equipamentos se iniciariam até ao final de 2017 e estariam concluídas até 2020.

“SNS mais próximo” de seu nome, o programa tinha como prioridade substituir os que se encontravam com sinais de maior degradação das infraestruturas e os equipamentos instalados em edifícios inadequados, como no caso da nossa freguesia. Até agora nada aconteceu e as indecisões parecem ser muitas em relação a Benfica.


aspasA USF Rodrigues Miguéis a funcionar em contentores nos terrenos junto ao viaduto da segunda circular não tem localização definida.

A US Fonte Nova

A nova unidade de saúde vai ser construída numa parte dos terrenos junto ao viaduto da Segunda Circular, onde actualmente estão montados uns contentores alugados que albergam a Unidade de Saúde Familiar (USF) Rodrigues Miguéis. Neste futuro equipamento prevê-se que sejam instaladas as USF Gerações e a USF Luz que funcionam actualmente num prédio de habitação na rua Dr. José Batista de Sousa.

A USF Rodrigues Miguéis ainda não tem destino certo: Ricardo Robles, vogal do pelouro da Câmara Municipal de Lisboa, reconheceu publicamente que desconhecia ainda a futura localização desta USF, enquanto Inês Drummond, presidente da Junta de Freguesia, chegou a indicar o novo equipamento a ser construído no Alto dos Moinhos, junto à estação de Metropolitano, onde se prevê que se instale a USF Tílias de São Domingos de Benfica, com cerca de 11.963 inscritos. 

Esta deslocalização da USF Rodrigues Miguéis para outra freguesia foi posta de parte nas últimas semanas, não só porque cerca de 90% dos seus 14.188 inscritos são fregueses de Benfica, como também a nova infraestrutura não terá a capacidade adequada.

Promessas longínquas


Já vem de longe, a promessa da construção de novos equipamentos de saúde na freguesia. A 21 de Setembro de 2009, um Contrato-Programa entre a CML e a ARSLVT previa a construção de seis novos Centros de Saúde dos quais três se encontram edificados, entre eles o do Bairro da Boavista que implicou um investimento de um milhão de euros e não funciona de forma adequada. 

Ainda em Outubro de 2016, o Serviço Nacional de Saúde previa para o triénio 2017/2019, dezasseis unidades de cuidados de saúde primários: Telheiras, Alto dos Moinhos, Beato. Misericórdia, Pulido Valente, Arroios, Areeiro, Marvila, Ajuda, Alcântara, Sapadores, Graça, Parque das Nações, Benfica, Fonte Nova, Campo de Ourique e Alta de Lisboa.f

opinião

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

REGRAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.fregues.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.fregues.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.