Do Parque da Liberdade ao Parque Eduardo VII

Redacção

27/06/2018

Em 1882 começou a discutir-se a construção de um parque no topo da Avenida da Liberdade. Depois de ter ganho um concurso, em 1887, para o arranjo paisagístico do Parque, o arquitecto Henry Lusseau ficou responsável por essa concretização. O Parque passou então a ser palco de feiras, eventos e exposições.

Começou por ser o Parque da Liberdade mas em 1903, em homenagem a Eduardo VII do Reino Unido, depois de uma visita do rei a Portugal, com o objectivo de consolidar a aliança entre os dois países, passou a chamar-se Parque Eduardo VII. No ano de 1915 começaram os trabalhos de ajardinamento. No entanto, o seu aspecto actual foi projectado pelo arquitecto Francisco Keil do Amaral, em 1942.

Um espaço de 25 hectares, dividido em duas zonas verdes arborizadas, com uma faixa central de relvado, ladeada por um passeio de calçada portuguesa, a subir uma das colinas da cidade e proporcionando uma vista privilegiada sobre Lisboa. A Estufa Fria, criada nos anos 30, é um dos locais mais visitados por estudantes e turistas. Um espaço que abriga  centenas de espécies de várias regiões do mundo, pequenos lagos, cascatas e obras de estatuária.

Existe ainda a Estufa Quente, com cerca de 3000 m2 onde se encontram espécies de plantas originárias de climas tropicais, e a Estufa Doce, a mais pequena das três estufas, que serve como casa das Cactáceas, ou plantas gordas. Do outro lado do Parque, foi construído em 1921 o Pavilhão das Indústrias, mais tarde designado Pavilhão Carlos Lopes, em homenagem ao atleta.

Depois de uma remodelação o Pavilhão serve actualmente para diversos tipos de eventos como, feiras, conferências, exposições e apresentações de produtos. No topo norte do Parque, onde está hasteada uma bandeira de Portugal com cerca de 20 metros, encontra-se um miradouro e a escultura de evocação ao 25 de Abril da autoria de João Cutileiro. O Parque Eduardo VII, continua a ser, além de um dos espaços verdes mais emblemáticos da cidade, um espaço que abriga anualmente, vários eventos e espectáculos, como a Feira do Livro e a Wonderland.f

opinião

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

REGRAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.fregues.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.fregues.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.