Cabecero Benfica

ALERTA

EB Salvado Sampaio: 30 anos sem obras

Levi Alves, presidente da Associação de Pais da Escola Básica Professor José Salvado Sampaio, situada no Bairro de Santa Cruz, junto à CRIL, considera que os edifícios estão a precisar de sérias e estruturantes intervenções. Todos os anos fazem um relatório sobre a degradação do equipamento e alertam para a presença de amianto nas suas coberturas. Mas continua fora dos planos imediatos da Câmara Municipal de Lisboa.

Redacção

19/02/2018

A RETER

INTERVENÇÕES CONCLUÍDAS

Construções novas (15.058.471€ para 10 projectos)
EB Integrada (com Jardim de Infância) Pedro de Santarém, Benfica (Setembro 2010): 1.155.000,00€ (valor da comparticipação da CML - obra da Parque Escolar)

Requalificações / Beneficiações gerais (30.616.046€ para 19 intervenções)
EB Parque Silva Porto, (ex-n.º 124) Beneficiação Geral e Arranjos Exteriores, Benfica (Março 2016): 2.330.313,16€
Construções/reformulações de cozinhas/refeitórios (2.690.501€ para 12 intervenções)
EB Parque Silva Porto (ex-n.º 124), Benfica (Maio 2008): 169.855,04€

Substituições de coberturas (1.403.870€ para 8 intervenções)
• EB Jorge Barradas (ex-n.º 52), Benfica (Outubro 2010): 158.460,83€ - PIPARU

Qualificações dos espaços exteriores (2.422.502€ para 12 intervenções):
Benfica zero

Outras beneficiações parciais (2.039.903,63€ para 16 intervenções)
EB Prof. José Salvado Sampaio (ex-n.º 17), Benfica (Setembro 2009): 500.000€ (estimativa de custo da obra realizada pelas Estradas de Portugal);
EB Arq. Gonçalo Ribeiro Teles (ex-n.º 125), Benfica (Setembro 2011): 20.619,65€;
EB Arq. Gonçalo Ribeiro Teles (ex-n.º 125), Benfica (Agosto 2012): 93.098,05€ (obra realizada em parceria com a Junta de Freguesia de Benfica);

INTERVENÇÕES PREVISTAS

Obras em curso (21.074.524€ para 12 intervenções)
Benfica zero

Obras adjudicadas a iniciar brevemente (2.511.328,73€ para 2 intervenções)
Benfica zero

Obras em fase de concurso entre 2017 e 2018 (preço base: 13.867.625,67€ para 5 intervenções)
Benfica zero

Obras em fase de projecto (12 intervenções):
Jardim de Infância n.º 1 Benfica, Beneficiação Parcial, Benfica
Escola Básica Arq.º Gonçalo Ribeiro Telles, Beneficiação Parcial e Arranjos Exteriores, Benfica. Em declarações públicas, vereador do pelouro, revelou que se trata de uma construção nova.

Projectos em fase de programa preliminar (13 projectos em estudo)
Benfica zero. O vereador do pelouro anunciou que o conjunto das intervenções ainda não está fechado.

Pode ler: Trinta anos de desgaste


Os encarregados de educação reivindicam a remoção do amianto que aliás é uma obrigação legal. A actual situação não oferece confiança aos utentes do equipamento, sendo potencialmente um foco de perigo para a saúde pública em virtude da exposição a partículas de fibrocimento.


A fibra do amianto pode causar problemas aos seres humanos ao ser aspirada ou ingerida. As pessoas que têm contacto com uma quantidade pequena de amianto correm risco de desenvolver tumores e cancro de pulmão. Uma vez aspirada, a fibra de amianto não sai mais do corpo. É possível que o elemento fique incubado no pulmão e alguma das doenças citadas se manifeste depois de vários anos. A ingestão também pode causar o aparecimento de tumores no aparelho digestivo.

Trinta anos de desgaste 
A Escola Básica José Salvado Sampaio, localizada no Bairro de Santa Cruz de Benfica, foi construída em 1983, tendo hoje cerca de 300 alunos. Durante 30 anos, nunca recebeu obras de remodelação profundas e estruturantes que a adaptam e modernizem segundo as novas exigências legislativas. Os edifícios apresentam um acentuado desgaste com diversas patologias que se acentuam de ano para ano, sublinha Levi Alves.

Aliás, a Associação de Pais entrega no início de cada ano lectivo um documento sobre o estado de degradação da escola. Segundo este responsável, a persistência da situação poderá fazer perigar a segurança e o conforto de todos os utentes daquele equipamento, sejam professores, trabalhadores, alunos e encarregados de educação.


Estas questões foram colocadas publicamente na reunião descentralizada da Câmara Municipal de Lisboa, realizada no passado dia 10 em Benfica.

Para já, a reabilitação e requalificação da referida escola não consta nos planos da CML, a qual deverá ser enquadrada no programa “Escola Nova”, lançado em 2008 com o objectivo de modernizar o parque escolar da cidade. Ao abrigo do programa foram investidos no parque escolar da freguesia cerca de 4,5 milhões de euros desde 2008.f

EB Salvado Sampaio

opinião

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

REGRAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.fregues.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.fregues.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.