Estrada da Luz sem condições para peões.

Vidrões, postes de iluminação e sinalização, parquímetros, entre outros, invadem os passeios

Redacção

24/07/2018

A reivindicação de uma fiscalização “mais apertada à velocidade praticada na Estada da Luz”, especialmente na zona das Laranjeiras faz parte de uma recomendação aprovada, no passado dia 26 de Junho pela Assembleia Municipal de Lisboa ao Executivo.

No mesmo documento ainda se recomenda que se “promova a construção de passeios pedonais acessíveis de ambos os lados da via”, assim como se “efectue um estudo pormenorizado que avalie os factores de risco para os peões na área em questão”.

Desde há anos que moradores reclamam por melhores condições de circulação na Estrada da Luz que apresenta grandes estrangulamentos junto a Sete Rios. A maioria dos passeios, desde Sete Rios até à Rua Xavier de Araújo (Estação de Metro Laranjeiras), não tem “condições mínimas” para os peões.

Constata-se que uma panóplia de equipamentos tão diversos quanto vidrões, pilhões, postes de iluminação, parquímetros, postes de sinalização de trânsito, entre outros, invade os passeios, impedindo as pessoas de efetuarem os percursos naturais, lógicos e simples.

No geral, as pessoas veem-se obrigadas a ziguezaguear e ao atravessamento da rua. Por outro lado, não estão implementadas ao longo desta artéria medidas de acalmia de trânsito, numa artéria propensa à alta velocidade.f

opinião

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

REGRAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.fregues.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.fregues.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.