Cabecero São Domingos de Benfica

Nova esquadra na Rua Raul Carapinha inviável?

Redacção

19/02/2018

Pode ler: Avenidas Novas contra, Praça de Espanha com esquadra

A instalação de uma esquadra da Polícia de Segurança Pública (PSP) no antigo edifício da Junta de Freguesia na Rua Raul Carapinha está parada. Neste edifício funcionava o Centro Cultural João das Regras, cuja actividade foi interrompida dada a obrigação de a Junta de Freguesia ter de o desocupar até ao final do ano passado. Aliás, um prazo que indiciava já o atraso da entrada em funcionamento da nossa esquadra que deveria ter ocorrido no ano passado.

Neste momento, a freguesia é servida pela 3.ª divisão da PSP, sediada em Benfica, junto à estação da CP. Um dos fortes argumentos a favor da existência de uma esquadra na freguesia é o rápido crescimento demográfico de São Domingos de Benfica, assim como a sua geografia. A freguesia ficou sem esquadra aquando do aparecimento das "super-esquadras".

Para receber as novas funções, o edifício tem que sofrer uma remodelação mais profunda da que inicialmente estava prevista, o que atrasou o processo de instalação da nova esquadra. As obras de adaptação incluíam refeitórios, balneários, sanitários, para além de outros espaços mais específicos e inerentes às tarefas policiais.
Por outro lado, existem problemas por resolver relacionados com os acessos ao edifício, situado numa rua sem saída. Esta artéria, a Rua Raul Carapinha, é muito congestionada não só devido ao estacionamento de moradores e outros utentes da via, mas também pelo tráfego gerado pela casa mortuária da Igreja de São Domingos de Benfica. “Por vezes, é um verdadeiro pandemónio conseguir circular na rua”, dizem alguns moradores. “A circulação de veículos de emergência será muito difícil”, garantem.
Por outro lado, há outro aspecto a considerar a nível da PSP: a falta de efectivos. A instalação da nova esquadra implica o encerramento de outras devido à falta de recursos humanos, para além de ser necessária uma reorganização territorial das zonas de influência de cada esquadra na cidade. Está previsto que a nova esquadra de São Domingos de Benfica fique responsável pelo patrulhamento da área de São Domingos de Benfica e da zona norte das Avenidas Novas. Grande parte da freguesia das Avenidas Novas ficará sob a responsabilidade da esquadra do Palácio da Justiça, que garante também o policiamento na parte alta de Campolide.

Avenidas Novas contra
Para além destas questões, ainda existem pressões políticas para a reposição de uma esquadra nas Avenidas Novas. A situação também não é consensual. O anúncio da reorganização da PSP em 2016 não agradou aos autarcas que depressa começaram a contestar as decisões do Governo, pois implicaram o encerramento no dia de Natal de 2016 da única esquadra da freguesia, a 31.ª, localizada Avenida Santos Dumont, Bairro de Santos ao Rego. Entretanto, e enquanto não existem novas instalações, o patrulhamento da freguesia das Avenidas Novas é assegurado pelo efectivo que estava adstricto à esquadra da Praça de Espanha, mas que passou a estar fisicamente, na Penha de França (5.ª divisão), e pelo posto do Palácio da Justiça que dista cerca de um quilómetro da esquadra encerrada.

Praça de Espanha com esquadra
Às preocupações dos fregueses quanto aos níveis de segurança da freguesia, as autoridades policiais garantem que houve reforço de efectivos na freguesia com dez agentes e mais duas viaturas. Na freguesia vivem cerca de 23 mil pessoas e 300 mil circulam todos os dias, segundo números avançados pela autarquia.
Não obstante os planos segundo os quais logo que estejam concluídas as obras de adaptação do edifício da Raul Carapinha, a nova esquadra de São Domingos de Benfica assumirá uma parte da área de responsabilidade da esquadra que agora encerrou nas Avenidas Novas, o programa de requalificação da Praça de Espanha prevê a construção de uma nova esquadra na zona, o que poderá implicar uma nova reorganização territorial das esquadras nas freguesias das Avenidas Novas, São Domingos de Benfica e Campolide f

opinião

Dê-nos a sua opinião

NOTA: As opiniões sobre as notícias não serão publicadas imediatamente, ficarão pendentes de validação por parte de um administrador.

REGRAS DE USO

1. Deverá manter uma linguagem respeitadora, evitando conteúdo malicioso, abusivo e obsceno.

2. www.fregues.pt reserva-se ao direito de eliminar e editar os comentários.

3. As opiniões publicadas neste espaço correspondem à opinião dos leitores e não ao www.fregues.pt

4. Ao enviar uma mensagem o utilizador aceita as normas de utilização.